Fantasia divina

25/03/2017 07:34

Atitudes que podem indicar que você esteja tendo uma relação com algum ser divino imaginário e todo cuidado para não cair nas armadilhas da religião.

As religião nos coloca sem saber em relações tóxicas, doentias e abusivas, e traz alguns transtornos de personalidade.

 

Quando se trata de religião, a melhor atitude é evitar a própria religião. A ordem é correr à biblioteca e nunca mais deixar sua mente vazia de conhecimento.

 

Por outro lado, é um erro pensar que adquirir conhecimento significa ficar insensíveis ao problemas das pessoas. O conhecimento nos abre ao amor e a empatia pelo outro.

 

Saiba algumas das coisas que você DEVE FAZER para evitar prejuízo para sua vida.

 

1. AMEAÇAR COM INFERNO SEM ELE REALMENTE EXISTIR

Qualquer questionamento que se faça vem a ameaça “você vai para o inferno, já era” ou “então você esta excomungado”, para alguém que diz que Deus é amor e misericórdia, ameaçar com inferno é um fato que nos dá a certeza de que não existe. Você cristão que tem o hábito de dizer isso em qualquer discussão, observe a reação do ateu. Percebeu a preocupação? Mas atenção! Se logo depois você age como se nunca tivesse dito isso, saiba que você demostrou duas coisas importantes o inferno não existe e você está desesperado.

 

2. DEUS EXIGINDO ADORAÇÃO OU IMPONDO DISCIPLINAS EXAGERADAS

É claro que Deus deseja fiéis atenciosos, e que viva a palavra dele e sinta a necessidade do martírio para si e para o outro. É o Deus dos excessos das cobranças (não ajuda quando disse em sua palavra que era só chamar, não responde as orações na hora do desespero, não fez exatamente como revelou, etc) com atitudes assim acabar sufocando e passa ser visto como egoísta, que se comporta como se seus interesses divinos girasse em torno de si.

 

3. A RELIGIÃO SEMPRE DIZ QUE O FIEL É PECADOR E DEVE DESCULPAS

Na religião cristã, não importa você sempre será o culpado pelo pecado. É uma das formas de manter-nos no erro para pensarmos que precisamos da compaixão divina do Deus egoísta. Se diante dos representantes do Deus egoísta você não assumir seu pecado como sendo sua culpa e não pedir desculpas, saiba que, ainda assim, você irá para o inferno, mesmo que você passe a vida toda como o maior ativista humanista da face da terra.

 

4. MAU HUMOR

Deus fica de mau humor porque não prestaram a adoração do dia, porque é domingo e não foi à missa, porque o fiel não pagou o dízimo, Deus tem um sobe e desce de emoções ao longo dos 2000 anos. Isso faz com que o fiel pise em ovos, levando-o à exaustão por não saber quando no rosto do Deus poderoso surgirá a sombra de sua irá “o tempo fecha e as ameaças começam”. É fato os problemas de humor de deus. Os fiéis não são obrigados a adequar-se as injustificáveis transformações de humor o tempo todo.

 

5. NUNCA AJUDAR AS PESSOAS DO MUNDO

Não há nada mais desgastante do que ter de cuidar da casa, roupa, filhos, carro e comida sozinho, adoração, ir a igreja, fazer caridade para a igreja e Deus simplesmente se recusa a ajudar.

 

6. ENTERRAR-SE NA BÍBLIA

Os cultos e missas, as obrigações em ler a bíblia como a instituição manda, os compromissos em pagar o dízimo e fazer caridade para a igreja se promover, as adorações, tudo conspira para que os fiéis vivam na mais "perfeita harmonia" e sem questionar a fé ou porque em Deus e apenas vive a rotina diária. Espere. Não há nada de mau na rotina que a igreja impõe, pelo contrário, quase sempre traz aquela sensação de "estabilidade" e não percebemos a manipulação sutil que as falsas relações sólidas precisam para que a igreja se estabeleça sobre a razão e Deus sobreviva.

 

Portanto, quebrar toda essa estrutura no inconsciente de uma pessoa que recebeu tais informações desde crianças não é tarefa fácil, porém, a busca incessante por conhecimento é um ingrediente fundamental para não perdermos a razão em meio a religião. Isso acorda a inteligência e aquece a razão. Já a falta desse movimento pode levar o fiel a encontrar nas emoções reprimidas sinais da existência de Deus e sabemos por experiência diária que Deus não existe.